A LOIRA MISTERIOSA DO PORTO DO AÇU

Ela é uma jovem senhora, bonita e encantadora. Mora na Pelinca, frequenta as principais academias da cidade.

VEREADOR JOSÉ CARLOS: UM SONHADOR DO DETRAN

Quem diria, o ainda Vereador José Carlos, de Campos, tem um sonho na vida. Segundo ele é com o avião preto da Polícia Federal.

ELEIÇÃO EM SÃO JOÃO DA BARRA PASSA PELO JUDICIÁRIO

Como já previa o blog há algum tempo, a eleição de 2016 no município de São João da Barra passa ainda pelo Judiciário.

E NÓS? PRA ONDE VAMOS?

A Frente liderada pelo PR visando uma candidatura à sucessão da Prefeita Rosinha passa necessariamente pelo “NOS”.

O DRAMA QUE PASSAM OS SERVIDORES INATIVOS DO ESTADO É GRAVE

Evidente a crise que atinge a economia do Estado do Rio de Janeiro. Ao que parece, é uma das mais dramáticas do país.

QUEM REPRESENTA EDUARDO CUNHA NO PR?


No programa “Entrevista Coletiva”, no dia 07 de Maio, o ex-governador Garotinho revelou que existem soldados de Eduardo Cunha dentro do PR. É muito provável que o nome ou os nomes sejam revelados brevemente, porque quem conhece o Garotinho sabe que ele vai falar. A conversa é a resposta de uma caderneta do ex-presidente da Câmara Federal. 

Aí fica a pergunta: Quem representa Eduardo Cunha no PR? 

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos. Todo mundo quer saber.

A FEIJOADA DE RAFAEL DINIZ COM O NOME DA FOLHA


Foto montagem
Utilizando o nome da Folha da Manhã, o vereador Rafael Diniz  está distribuindo convites e camisas  para a Feijoada que na verdade é Campanha política antecipada.

Ainda: a feijoada teria patrocinadores da região, incluindo a AMBEV e o tio da esposa de Rafael, o empreiteiro Cristiano da Sinal (Rio das Ostras).

O evento é boca livre e ainda vai contar com shows.

Esse será o pontapé inicial pra campanha de Rafael Diniz a sucessão da Prefeita Rosinha. Além da mesa farta o dia inteiro, o convidado  têm direito a  ficar na mídia até a eleição dedicando o apoio ao vereador para prefeito da cidade, com as bajulações “com certeza”.

Resta saber se combinaram isso com o Ministério Público e com a Justiça Eleitoral local.

A questão  é grave e deve  ser submetida  à apreciação das autoridades.

O evento original era feito no fim de Março e princípio de Abril. Para fazer a campanha, Rafael altera a data para o dia  05 de Junho. É que as eleições com as novas regras impõe aos candidatos a limitações durante o processo que se iniciou em  1º de Janeiro.

Parece que esqueceram de combinar  com a Justiça Eleitoral e com o próprio calendário eleitoral.

ADVOGADO DO MST, ASSESSOR DA SUPERINTENDÊNCIA DE JUSTIÇA DO MUNICÍPIO, OCUPA O TEATRO DE BOLSO EM CAMPOS


O advogado do MST, Alexis Wallace Sardinha, que também exerce a função de assessor técnico na Superintendência de Justiça do Município, realmente desistiu de invadir as propriedades rurais com o MST. Essa é uma baixa no Exército Vermelho de Dilma. 

Agora o rapaz decidiu invadir o Teatro de Bolso em Campos para dar notoriedade a campanha do vereador Rafael Diniz, que é do PPS e neto de Zezé Barbosa, o prefeito que derrubou o Teatro Trianon em Campos. No caso, o advogado trocou o campo pelo teatro para a invasão. Não sabia que ele também era artista. O que deixa o caso ainda meio sem resposta é que a costureira Lívia Amorim também consta na relação dos invasores do Teatro de Bolso. Sardinha é a prova inequívoca de que o PT em Campos realmente acabou ao admitir que seus filiados se aliassem aos golpistas de plantão que é do partido de Rafael.  

Claro que eu ia me esquecendo que o advogado está impedido de atuar contra o município, já que recebe dos cofres públicos, em razão do cargo que ocupa na administração pública municipal. Com a palavra o procurador geral do município e o secretário de Alexis para as providências cabíveis. Até porque o último ato noticia que ele estaria lotado no FUNDECAM  (vide portaria  0062/2014).

Atualizado/corrigido: 19 de maio de 2016 - 15:33hs.

WILSON CARLOS: “O CARA” DO GOVERNO CABRAL


As delações dos executivos da Andrade Gutierrez ao Ministério Público revelam que o então secretário particular do ex-governador Sérgio Cabral era o que  se pode dizer “o homem da mala”.

Aqui por Campos ele manteve contatos estreitos com empresários, principalmente do ramo da comunicação.

Com a quebra de sigilo telefônico do secretário particular de Cabral que resolvia aqueles “problemas”, é provável que os que levaram vantagens indevidas preparem o estoque de Rivotril para os próximos meses.

Esse caso promete muitas emoções. Para ser conferido o teor do verdadeiro vespeiro, basta clicar abaixo para ver a reportagem do Jornal Nacional do último dia 13 de Maio.

Claro que não foi divulgado ainda o teor completo das delações. Há quem sustente que a Globo está amenizando na divulgação para não botar mais lenha na fogueira.

E aí  fica uma  pergunta: Para quem Wilson Carlos repassou dinheiro em Campos? Está chegando a hora!

NEGÓCIO DA CHINA NO SHOPPING AVENIDA 28


Quando imaginamos que já  vimos de tudo em relação ao Shopping Avenida 28, observamos que ainda  falta muito.

O maior escândalo já visto é que apareceu um anúncio de uma loja na OLX, sendo vendida no citado empreendimento empresarial com 150 metros quadrados com um detalhe: não tem condomínio a ser pago. É por isso que os lojistas estão correndo do empreendimento que até hoje não tem sequer escritura. Uma obra clandestina que a cidade convive sem maiores constrangimentos, pelo simples fato de  que as pessoas tem medo da vingança dos atuais proprietários da Folha da Manhã, proprietária  do maior número de lojas e do estacionamento.

Todos aqueles que fazem ensaio a levantar a voz recebem aqueles “conselhos”. 

Será que ninguém vai abrir a caixa-preta das contas do Condomínio do Shopping Avenida 28 de Março?

AS GRAVAÇÕES DA 'LOIRA MISTERIOSA' DO PORTO DO AÇU


Parte das gravações da misteriosa “loira do Porto do Açu” foram veiculadas pela Rádio Diário FM 100.7 de Campos nos programas “Entrevista Coletiva” do último sábado, dia 07 de maio, e na segunda  no programa  “Fim de Tarde”, apresentados pelos jornalistas Carlos Cunha e Roberto Barbosa respectivamente.

As revelações da jovem senhora estão deixando seus aliados sem sossego.

O envolvimento é tão grande que um fica esperando pelo outro. Eu já vi esse filme em outro lugar.

A primeira questão que deve ser esclarecida, principalmente para os leitores do blog  fora do Brasil, é que a mídia  corporativa no país sobrevive  muitas vezes de organizações criminosas que atacam os cofres do governo de forma desalmada.

São aproximadamente  nove famílias que escondem  as notícias em  troca de polpudas verbas publicitárias do poder público e daquelas  empresas que utilizam da mesma prática da blindagem.

Resumindo: o verbo é a verba. Um paga e o outro fica calado. Essa é a regra.

A segunda parte  são as perguntas quanto à identidade da loira misteriosa do Porto. Esse expediente é muito utilizado para desqualificar as provas. O nome da testemunha  não deve ter essa relevância  toda. A  notícia é que  deve ser privilegiada,  com a  menor  exposição possível da testemunha.

Mas o que chama atenção nos trechos da gravação é a segurança e a desenvoltura com que  a testemunha fala de milhões e dos valores dos contratos pelos quais ela é responsável no Porto.

Um dos pontos altos das revelações dessa parte da gravação é o fato da testemunha afirmar a entrega de uma “remuneração” de  3  milhões  para engenheiro do Porto do Açu, à época sob o comando de Tarcísio Costa Lima.

Complicadas as operações. No passado uma testemunha levou um tempo enorme falando dos contratos da Petrobrás. Ninguém deu atenção e deu no que deu.

Não se pode perder de vista que essa  corrupção envolvia apenas o pessoal do transporte  de  pedras para  o Porto, conhecido como máfia da pedra.

É possível que esteja  ocorrendo a mesma modalidade de  operação em outros setores, como é o caso das empresas de fachada  de  política  de São João de Barra.

Diferente da Concremat em relação aos valores  dos cachês dos políticos de Brasília e de São João da Barra. Do caranguejo à sardinha.

Não deve ficar esquecido que consta da gravação os laços entre a testemunha com o empresário Eike Batista, o criador do Porto do Açu e do “Império X” - segundo o que ela afirma de forma clara e segura.

De tudo isso, deve ter ficado claro que não foi priorizado qualquer   evento de natureza íntima das partes dentro da notícia por ora divulgada. Por isso seguem abaixo os  trechos das denúncias que já foram veiculadas.

Parte 1:



Parte 2:





ARI PESSANHA PODE REALMENTE SER CANDIDATO EM SÃO JOÃO DA BARRA


Foto montagem
A candidatura do empresário Ari Pessanha a Prefeitura São João da Barra já estaria sendo costurada por um importante intermediador. O personagem tem bom acesso com Neco e com Carla Machado. Caso a justiça venha a impedir as duas candidaturas, a saída seria a do empresário Ari Pessanha. 

Ari, além de ser empresário, é muito querido na cidade de São João da Barra e na Baixada, nas áreas de fronteira entre Campos e a cidade de Narcisa Amália, além de não ter desgaste, porque ele não tem processo na Justiça. A hora está chegando. 

AMBULÂNCIA E MOTORISTA: 40 MIL POR MÊS NO PORTO DO AÇU


Imagem meramente ilustrativa
Para quem acha que  já viu de tudo na política de São João da Barra, surge mais uma: o vereador Ronaldo da Saúde,  através de seu irmão, alugou uma ambulância com motorista por 40 mil reais por mês para a Prumo (leia-se Porto do Açu).

Se continuar desse jeito, não há dinheiro que  suporte a construção desse Porto.

A cada  dia temos uma novidade e sempre mais um sabido sendo privilegiado com essas negociatas.

Esse vereador Ronaldo da Saúde é também um homem de muita sorte.

O pessoal do Porto, diante do noticiário, sustenta que o dinheiro do Porto é privado e que não tem obediência a dar às autoridades constituídas. Tudo seria muito bom e certo se os recursos não tivessem vindo do BNDES e dos fundos de pensão.

Estou querendo conhecer essa mágica de fazer negócio  privado com dinheiro público. Coisas da República do Leblon. 

FRAUDE EM TRANSFERÊNCIA DE ELEITOR CAUSA CONSTRANGIMENTOS EM SJB


A fraude na transferência de eleitores está causando mais constrangimentos na cidade de São João da Barra. Empresários da cidade que estão entrando na política já estão entrando pela porta errada. Os fraudadores estão  trazendo eleitores que residem  na Região dos Lagos para votar em São João da Barra se esquecendo que o cartório está seguindo à risca a determinação do atual juiz eleitoral da cidade.

A questão ganhou contornos mais  graves quando os eleitores foram interrogados  pelos funcionários do cartório,  já que todos apresentavam um mesmo modo de contrato de locação  para fazer  prova de residência.

Eles não  sabiam o endereço porque jamais  residiram no local.

Foram  usadas casas de veraneio nos balneários de Grussaí e Atafona para perpetração de fraude .

O pessoal não para com isso. Insistem em fraudar  leis eleitorais em São João da Barra desafiando a Justiça Eleitoral.

JUIZ LEONARDO CAJUEIRO DE VOLTA A 2ª VARA DE SJB E 37ª ZONA ELEITORAL


De retorno de licença médica, está de volta à  2ª Vara de São João da Barra e à 37ª Zona Eleitoral o Dr. Leonardo Cajueiro, que é o Juiz Titular da Vara. No período em que esteve de licença, o Magistrado foi substituído por Dr. Eron Simas dos Santos,  que marcou a audiência da 'Machadada' para o próximo dia 20 de Maio. Segundo fontes do blog, o Dr. Eron vai responder no mês de Maio pelas 3ª e 4ª Varas Cíveis de Campos. Essas designações são feitas pela Presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. 

O VEREADOR JOSÉ CARLOS DIZ QUE VAI A JUSTIÇA CONTRA O BLOGUEIRO


O vereador José Carlos disse na Tribuna da Câmara de Campos dos Goytacazes-RJ, no dia de hoje 11/05/2016 que vai a Justiça contra o blogueiro. Ele está enganado, os amigos do deputado João Peixoto já estão na Justiça, mas processados pela Justiça Pública da Comarca de Itaboraí. 

O Blog já noticiou (AQUI) esse processo, agora disponibilizando cópia da denúncia no processo nº 0006225-45.2012.8.19.0023 no link Abaixo:

POVO MALDOSO


O blog tomou conhecimento de que o Jornal Folha da Manhã contratou uma viatura para vigiar o mar no Farol de São Thomé nos últimos dias, para saber se houve algum dano causado no referido Balneário Campista.

A reportagem tinha orientação para aferir algum problema no governo de Rosinha.

Quando o pessoal chegou ao porto do Açu, soou a campainha. Aí não. Isso aí é São João da Barra.

No final, chegamos à conclusão de que não houve ressaca.

Pois é, isso é que é jornalismo verdade? Depois vão dizer que o povo que é maldoso. Isso pode?

CONSTRUTORAS EM CRISE PEDEM SOCORRO


Como em  todo o País, as construtoras finalmente estão colocando as mangas para fora. Claro, sem perder a pose.

Procuraram o Tribunal de Justiça para evitar o número de ações a serem propostas pelas vítimas de contratos de imóvel na planta que não foram entregues. Querem fazer acordo.

Quem comprou o imóvel na planta está começando a conviver com uma realidade. A de que não terá o imóvel e que o contrato não poderá ser honrado pelas construtoras.

O poder desse pessoal é grande e a mídia corporativa só traz notícia para prejudicar ainda mais as vítimas de quem comprou o  imóvel na planta.

Dizem que um dos principais motivos da crise é a falta de financiamento público (Caixa). Se o financiamento é público, a sociedade deve conhecer a realidade do setor de forma mais transparente. Como está não satisfaz.

É preciso que as vítimas do consumo tenham muito cuidado com o que realmente vão assinar. Todo o cuidado é pouco. A lei ainda defende o consumidor, e nesse momento, ao que parece, as construtoras estão querendo decotar o direito do trabalhador, que é o  grande consumidor no sonho da casa própria ou até mesmo de um investimento da família. 

Essa  tem sido a postura  da elite no Brasil. Basta assistir ao Jornal Nacional para saber o que você deve nunca fazer, porque a próxima  vítima  pode ser você.

Todo cuidado é  pouco e qualquer vacilo é fatal.

VEREADOR JOSÉ CARLOS: UM SONHADOR DO DETRAN


Quem diria, o ainda Vereador José Carlos, de Campos, tem um  sonho na vida. Segundo ele é com o avião preto da Polícia Federal.

Calma, José Carlos. Pra esse pessoal que cobra propina no DETRAN, o máximo de status que a Polícia está dando é andar na caçapa da blazer da PM.

A crise não chega para esses privilegiados. Para melhores explicações, basta o senhor procurar o andamento do Processo Penal que corre na Comarca de Itaboraí de nº 0006225-45.2012.8.19.0023. Naquela oportunidade, o chefe do DETRAN indicado pelo Deputado João Peixoto e um grupo de seus aliados foram presos preventivamente.

Uma coisa é certa e temos que elogiar: os advogados dos acusados são de nossa cidade, o que não deixa de ser um prestígio à prata da casa.

Quanto ao avião, um sonho a mais não faz mal.

O DRAMA QUE PASSAM OS SERVIDORES INATIVOS DO ESTADO É GRAVE


Evidente a crise que atinge a economia do Estado do  Rio de Janeiro. Ao que parece, é uma das mais dramáticas do país.

Enquanto isso, faltam recursos para pagar  os salários dos  policiais e professores inativos  ou aposentados do Estado, além de fechamento de hospitais por falta de recursos, o que inclui pessoas  morrendo nas filas.  

Mas os deputados estaduais recebem verdadeiros salários de marajás e ignoram o sofrimento daqueles que deram  a vida em favor da sociedade.

Esse debate não é encontrado na mídia  corporativa, que recebe  polpudas verbas publicitárias da ALERJ para onde vão os maiores privilégios procedentes do erário público estadual.

E quão difícil deve ser fugir do debate e encarar as vítimas (policiais e professores) e as vítimas dos hospitais fechados que deveriam fazer um protesto na porta de cada deputado.

Afinal, foram eles quem autorizaram as desonerações fiscais e os demais atos como a liberação de depósitos judiciais para pagar a empreiteiros do Estado no início do Governo Pezão.

A conta chegou para os aliados de Eduardo Cunha, Cabral e os governantes de plantão que pegaram o “Espólio de Sérgio Cabral”.

Esse pode ser o grito dos inocentes no momento em que o país transpira o Golpe.
Proxima  → Página inicial